Fanny Mendelssohn

Considerada a primeira grande compositora do mundo, Fanny enfrentou os preconceitos da época para ir em frente com seu talento para tocar e compor.

Fanny Mendelssohn nasceu em Hamburgo, como a primeira entre quatro crianças. Em 1811 a família fugiu das atrocidades do exército de Napoleão para Berlim. A família era de origem judia, mas tornou-se Protestante. Fanny e seus irmãos foram batizadas em 1816 em Berlim; neste dia Fanny recebeu o segundo nome Cäcilie.

Vídeo | Noturno em sol menorhttps://youtu.be/ti1eZ2B63Ro

Como mulher, Fanny não podia pensar em exercer uma profissão fora de casa. Por isso recebeu aulas de música somente para ser amadora e não para se tornar uma profissional como seu irmão Felix Mendelssohn. Fanny aprendeu a tocar piano em um curto período de tempo, tornou-se uma pianista extraordinária e começou a compor desde criança.

Vídeo | Overturehttps://youtu.be/OvZdsZLuS6Q

Presa aos preconceitos da época, a própria família teve vergonha do fato de que Fanny queria ser compositora e não somente uma dona de casa em uma família tradicional da classe média alta.

Em 1829, Fanny casou com o pintor Wilhelm Hensel e no ano seguinte deu à luz seu único filho, Sebastian Ludwig Felix Hensel.

Vídeo | Piano Trio Op 11: https://youtu.be/KUMMxsy4a88

São conhecidas 466 composições de Fanny. Entre elas predominam cânticos no estilo Lied, o que era muito popular na época, e peças para piano. Sua maior obra é o “Oratorium nach Bildern der Bibel” (Oratório segundo imagens da Bíblia), de 1831, para coral, orquestra e solistas. Pelos preconceitos da época a obra estreou somente em 1987 pelos maestros Elke Mascha Blankenburg, Wolfhagen Sobirey e Axel Bergstedt, na Alemanha. Fanny morreu em Berlim em 1847.

Vídeo | Vier Lieder für das Pianoforte, Op. 8: https://youtu.be/YZvgkAa8q8E

Leia também: A ascensão da mulher na Música Clássica

Gostou? não esqueça de curtir, compartilhar ou deixar um comentário. Queremos ouvir você.